sábado, setembro 26

Sinal verde para a educação no trânsito

A Semana Nacional do Trânsito é uma boa oportunidade para conscientizar os alunos sobre direitos e deveres do pedestre e do motorista, tornando-os aptos a se comportar bem no vaivém das ruas



Fila dupla de carros na porta da escola. A confusão na hora da entrada e da saída de alunos. O ziguezague no meio da rua atrapalha motoristas e põe em risco a vida da garotada. Acabar com essa falta de segurança pode parecer simples bastaria chamar a fiscalização , mas não é. A solução passa pela conscientização de condutores de veículos e de pedestres sobre suas atitudes.

A Escola Cor & Ação introduziu trabalhos nessa área para educar seus alunos e, também, alterar o comportamento dos pais no trânsito. O assunto preocupa autoridades em todo o mundo.

No Brasil, a Semana Nacional de Trânsito acontece entre 18 e 25 de setembro.


A situação no Brasil e no mundo


O Brasil é o quarto país onde mais acontecem acidentes de trânsito e desperdiça com isso 10 bilhões de reais por ano, segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Em 1996, ocorriam no Brasil 9,8 acidentes para cada 10 mil veículos. A taxa caiu para 6,2 em 2002.

Em 2002, a Unesco apontou os acidentes de trânsito como sendo a segunda causa de morte (15,6% do total) entre jovens de 15 a 24 anos. É também o primeiro motivo de morte por causa externa entre as vítimas dessa faixa etária, segundo a Organização Mundial da Saúde.


Trânsito bem-comportado

Para fazer as crianças enfrentar seus trajetos diários com segurança e com comportamentos solidários, procure passar as seguintes orientações em seu projeto:

A pé
• Ao chegar a um cruzamento e encontrar o semáforo de pedestres aberto, aguardar o fechamento e a posterior reabertura para atravessar.

• Nunca atravessar um cruzamento na diagonal.

• Atravessar na faixa de segurança, nunca entre os veículos.

• Andar sobre a calçada, com cuidado nas entradas e saídas de veículos.

• Ao descer de um ônibus, não atravessar a rua na frente dele.

• Ao atravessar uma rua de mão única, olhar para os dois lados.

• À noite, procurar um local iluminado para atravessar a rua.

• Ao atravessar, escolher um local onde não haja obstáculos que impeçam o motorista e o motociclista de vê-lo.

• Quando o adulto estiver com uma criança deve segurá-la pelo pulso.

Ao volante


• Usar sempre o cinto de segurança.

• Jamais falar ao celular.

• Não fumar.

• Não se virar ao conversar com passageiros.

• Não dirigir com animais de estimação no colo.

• Não dirigir com crianças no colo (elas devem estar sempre no banco de trás, com equipamento de segurança adequado).

• Sempre sinalizar com antecedência os movimentos que pretende fazer (conversões à direita ou à esquerda, estacionar, mudar de faixa, parar no acostamento).

• Usar constantemente os espelhos retrovisores.

• Não colar adesivos grandes na janelas. Eles diminuem o campo de visão.

• Se rodar em baixa velocidade, utilizar as faixas da direita.

• Ao passar por ônibus parado no ponto, reduzir a velocidade e observar se não há pedestres tentando atravessar a rua pela frente do veículo.

• Jamais ultrapassar ônibus ou peruas escolares estacionadas para embarcar ou desembarcar crianças.

• Não jogar nenhum tipo de lixo pela janela.

• Não parar em fila dupla, nem mesmo por alguns instantes.

• Caso não conheça o caminho, não parar no meio da rua para procurar informações.

• Prefira estacionar para consultar o guia ou para perguntar às pessoas.

• Nas conversões, dê sempre prioridade aos pedestres que iniciaram a travessia.

• Nunca pare o veículo sobre a faixa de pedestres.

• Não avance assim que o semáforo ficar verde. Espere os pedestres concluírem a travessia
Fonte: Nova Escola

0 comentários: